Felipão nega torcer contra Argentina e espera rival na final

Gaúcho, o técnico da seleção brasileira elogiou o treinador Sabella por ter jogado no Grêmio.

Fabio Lima - Cidadeverde.com - 05/06/2014, às 13:00

Perguntado pela imprensa da Argentina durante coletiva nesta quinta-feira (5), o técnico Luiz Felipe Scolari negou querer que o principal rival do Brasil seja eliminado cedo da Copa do Mundo.

RS10857_30_06_84(foto Heuler Andrey/Mowa Press)

“Eu não quero que a Argentina saia na primeira ou segunda rodada do mundial. Quero que a Argentina jogue normalmente. O meu problema é o Brasil, eu tenho que chegar com o Brasil na final”, declarou o treinador.

Felipão fez as contas com a comissão técnica e, a previsão do Brasil, é que a Argentina possa estar na decisão da Copa dia 13 de julho, no Maracanã.

“A final que nós imaginamos seria Brasil, e do outro lado, pelas características, pelo time, por uma série de fatores, seria a Argentina”, previu o treinador.

Em resposta ao repórter argentino, Felipão aproveitou para elogiar o técnico Alejandro Sabella. “O treinador da Argentina jogou em um time espetacular no Brasil e muita gente não sabe: no Grêmio. Já tem alguma coisa boa ali”, brincou o gaúcho.