Fifa amplia punição para assessor da CBF por confusão com o Chile

Rodrigo Paiva pegou quatro jogos de suspensão e também está fora dos jogos da Copa do Mundo.

Do Cidadeverde.com - 06/07/2014, às 16:16

O Comitê Disciplinar da Fifa concluiu a análise da agressão atribuída ao assessor de imprensa da seleção brasileira, Rodrigo Paiva, no intervalo do jogo com o Chile, pelas oitavas-de-final da Copa. A entidade ampliou a suspensão de um para quatro jogos e Paiva não terá mais acesso a jogos do Brasil no torneio.

Paiva é acusado de dar um soco no chileno Pinilla no intervalo da partida. Na ocasião, a Fifa já havia determinado a suspensão de uma partida, cumprida no jogo das quartas-de-final com a Colômbia, na sexta-feira.

Agora, o comitê disciplinar ampliou a punição para quatro jogos, sendo que um já foi cumprido e restam apenas dois na Copa: a semifinal com a Alemanha, na terça-feira (8), e a final ou disputa de terceiro lugar. A entidade também aplicou multa ao assessor.

De acordo com a Fifa, Paiva cumprirá a quarta suspensão apenas se cometer nova infração no período de dois anos.

Apesar de ter tomado decisão sobre Rodrigo Paiva, a Fifa não se pronunciou sobre outros brasileiros e chilenos investigados no incidente.