Cidadeverde.com

Penitenciária de Esperantina recebe 700 fardas da Secretaria de Justiça

A Secretaria de Estado da Justiça do Piauí (Sejus) entregou à gerência da Penitenciária de Esperantina 700 novas fardas para os internos da unidade. O fardamento inclui camisetas e shorts.


De acordo com o gerente da penitenciária, Agnaldo Lima Matos, os detentos da unidade prisional estavam há dois anos sem fardamento, usando apenas as próprias roupas.
 
“Essa ação da Sejus é importante tanto na parte de humanização, propiciando a higiene dos internos e no presídio como um todo, como para a segurança dentro da unidade”, afirma Agnaldo Lima.
 
O secretário de Justiça, Daniel Oliveira, pontuou que medidas como a aquisição de novos fardamentos, reformas e outras melhorias tanto estruturais como de trabalho ajudam a humanizar o sistema.
 
“Para avançarmos em nossas metas de humanização e ressocialização, precisamos garantir estruturação às unidades e, para tanto, temos investido em melhorias básicas, mas essenciais para esse propósito”, diz.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Famílias de Esperantina recebem 800m de tubulação para abastecimento de água

A prefeita de Esperantina Vilma Amorim reuniu-se na manhã do último sábado, 22 de agosto com moradores da comunidade Vila Baia, zona rural do município. Acompanhada pelo vereador Zé Claudio e dos secretários Chagas Henrique (Infraestrutura) e Genésio Magalhães (Desenvolvimento Rural), a prefeita fez a entrega de 800 (oitocentos) metros de tubulação para a ampliação da rede de abastecimento d’água.

A ação realizada pela prefeitura, em parceria com a associação de moradores local irá beneficiar cerca de 08 (oito) famílias com a ampliação da rede e a interligação ao Jacaré da Vermelha.

Durante o encontro com os moradores, a prefeita Vilma Amorim firmou mais uma vez o compromisso com a população rural destacando as ações realizadas pela gestão na região. “Recuperamos recentemente a estrada que dar acesso a estas comunidades, estamos construindo ao lado da escola do Jacaré uma quadra coberta e agora ampliando a rede de abastecimento d’água”, destacou a prefeita.

“A instalação da rede de tubulação aqui na Vila Baia atende uma grande necessidade dos moradores. Esse era um pedido constante das famílias e conseguimos viabilizar por meio dessa parceria com a prefeita Vilma”, lembrou o presidente da associação de moradores Francisco de Sousa “Peba “.

Já o Sr. Antônio Baia, 80 anos, um dos mais velhos moradores da localidade lembrou que nunca um gestor havia visitado aquela comunidade. “Político só vinha aqui na época de campanha, já a prefeita Vilma Amorim em menos de um ano já construiu a estrada e agora está trazendo água”, lembrou o agricultor.

A prefeita aproveitou a oportunidade para acompanhar de perto as obras de construção de quadras cobertas (ginásios) que estão sendo edificadas em Jacaré da Vermelha, Sítio do Alegre e Lagoa Seca. 

É válido lembrar que a construção de quadras esportivas ainda beneficiam as comunidades Boi Velho e Canto da Palmeira. As ações irão ofertar espaços adequados para as praticas de educação física e varias atividades e eventos culturais nessas localidades.

 

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com 

Esperantina recupera acessos e calçamento de várias ruas da cidade

A Prefeitura Municipal de Esperantina através de sua Secretaria de Infraestrutura está realizando recuperação de acessos e calçamento de várias ruas da sede do município. O trabalho visa melhorar as condições de trafegabilidade com melhores condições de deslocamento de veículos e pedestres na área urbana da cidade.


 
As ações estão sendo executadas nas ruas do centro da cidade, e serão intensificadas em outros trechos da cidade que necessitem de reparos. A reforma destas ruas se faz necessário diante de tantos transtornos que as deformidades no calçamento e canaletas vinham trazendo à população, principalmente após o período chuvoso, danificando os meios de transportes de todos. 
 
Além de trechos de calçamentos, a prefeitura municipal tem avançado também na manutenção de canaletas nas principais ruas de acesso ao centro da cidade a exemplo da Rua Patriotino Lages, Coronel silvestre Lopes (próximo a Igreja Assembléia de Deus), Francisco Fortes, Conrado Melo (próximo a Casa São Vicente), Vereador Joaquim Fernandes, Praça Wagner Campos (próximo a Metal Ferro),  e outros trechos que mereciam melhorias no acesso, em alguns destes locais, como por exemplo, nas imediações da Casas São Vicente, o acúmulo de água e lama prejudicava os moradores e a população ha décadas.
 
Para a prefeita Vilma Amorim, “Os serviços realizados recentemente visam dar melhores condições de trafegabilidade nas vias urbanas do município e contribui para que nossos transportes possam trafegar de forma ágil, pois o transito flui com maior tranqüilidade.  Em alguns casos é necessário apenas reparos, já em outros trechos é feita a remoção e construído um novo calçamento, destacou a prefeita.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Aposentado morre após cair de cabeça em poço de 10 metros

O aposentado identificado como Francisco das Chagas Silva, 67 anos, morreu após cair em um poço dentro da própria residência, na zona urbana de Esperantina, a 174 km de Teresina. A família informou aos policiais militares que o idoso sofria de ataques de epilepsia e teria tido uma crise recente. O incidente ocorreu quando ele tentava instalar uma bomba d'água no reservatório. 

Segundo o cabo Freitas, da 4ª Companhia de Polícia Militar, a guarnição foi acionada por volta de 11h30, deste domingo (02). "O poço fica a uns 50 metros de distância da casa. A família conta que quando o encontraram, já fazia cerca de meia-hora que ele havia saído. Foi uma fatalidade. O poço tinha em média 10 metros de profundidade e a vítima caiu de cabeça", explica o militar. 

Além dos próprios familiares, equipes do Samu auxiliaram na remoção do corpo e ainda tentaram reanimá-lo, mas a vítima já estava sem vida. 

O corpo do aposentado está sendo velado na própria residência. O sepultamento ocorrerá na manhã de segunda-feira (03), no cemitério da localidade Limpeza, zona rural da cidade. 

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Polícia investiga morte após suposto erro médico no hospital de Esperantina

A Polícia Civil está investigando um possível caso de erro médico ocorrido no Hospital Regional Julio Hartman, em Esperantina (175 Km de Teresina). Jailton Sales, 65 anos, motorista, deu entrada no hospital no último dia 28 com problemas gástricos e faleceu na manhã de ontem (31). A família afirma ter ocorrido erro na prescrição medicamentosa do paciente. 

Um advogado foi constituído pela família, que registrou Boletim de Ocorrência na delegacia da cidade. De acordo com o delegado Igor Gadelha, ainda não há confirmação da denúncia, mas a polícia já solicitou a perícia do Instituto de Medicina Legal (IML). 

"A família está inconformada com a morte, registrou boletim de ocorrência e acredita que houve erro na prescrição da medicação. Não temos como avaliar isso somente com relatos, vamos aguardar a perícia do corpo para avaliar isso", informou. 

O delegado destacou que o laudo pericial deve ser divulgado dentro de 10 dias e que, somente após o resultado, a polícia vai avaliar se será necessário colher depoimentos de profissionais do hospital. O laudo deve indicar se o homem morreu em decorrência de administração de medicamento equivocadamente ou devido a complicações da doença que sofria. 

 

Maria Romero
redacao@cidadeverde.com

Jovem com equizofrenia é envenenado com soda cáustica em Esperantina

O delegado titular de Esperantina, Igor Gadelha, informou que a polícia instaurou inquérito para apurar o envenenamento de Juscelino Barbosa, 23 anos, nesta terça-feira (28). O jovem sofre de problemas mentais e tem envolvimento com drogas. Ele foi encontrado desacordado em uma rua deserta do município ao lado de uma embalagem de soda cáustica. 

De acordo com o delegado, a polícia vai apurar se ele tentou se envenenar ou se foi vítima de tentativa de homicídio. "Ele tem envolvimento com drogas, pode ter sido vítima de alguém que tentou envenená-lo. Vamos apurar o que realmente aconteceu", declarou. 

O delegado disse ainda que o rapaz sofre de esquizofrenia e já esteve envolvido com diversos crimes no município. 

De acordo com a equipe de enfermagem do Hospital Regional Julio Hartman, o rapaz foi atendido na tarde de ontem e que foi transferido para o Hospital de Urgência de Teresina (HUT). De acordo com o Hospital, o rapaz está estável e já teve alta. Ele passou por uma lavagem estomacal e recebeu medicação. 

Juscelino precisou ser socorrido pelo Corpo de Bombeiros no dia 04 de junho deste ano, depois que passou mais de sete horas no alto de uma torre de telefonia do município. Ele subiu na instalação e ameaçava se atirar.

 

Yala Sena Flash
Maria Romero Redação
redacao@cidadeverde.com

Incêndio destrói mercado no município de Esperantina

  • jornalesp.com
  • jornalesp.com
  • jornalesp.com
  • jornalesp.com
  • jornalesp.com

Um incêndio no final da tarde desta sexta-feira (24) destruiu o mercado público de Esperantina, que funcionava provisoriamente no centro da cidade. O antigo mercado foi demolido para a construção de um novo, mas a obra está parada há 6 meses. A polícia foi chamada ao local e, até agora, não há informações de como as chamas começaram.

"Só a perícia vai dizer o que realmente aconteceu. Ninguém ficou ferido e o prejuízo foi apenas material", disse o policial militar identificado como cabo Luis.

O fogo foi controlado pelos próprios feirantes com a ajuda de caminhão tanque da Defesa Civil. Segundo informações colhidas pelo Cidadeverde.com, o mercado tinha cobertura de palha e algumas barracas usavam plástico, o que contribuiu para que as chamas se alastrassem rapidamente.

O Mercado Municipal de Esperantina foi construído em 1951 e demolido recentemente para a construção de um novo prédio.

Hérlon Moraes
herlonmoraes@cidadeverde.com

Suspeito de matar mãe de desafeto, apreendido, também teria matado taxista

A Polícia Militar prendeu no município de Esperantina, na tarde de ontem (23), o último suspeito de participar da morte de Maria Gorete Pereira de Sousa, no bairro Primavera, zona Norte de Teresina. A vítima foi atingida com um tiro no peito e a informação da polícia é de que ela seria mãe de um rival dos suspeitos. 

De acordo com o comandante da Rone, tenente-coronel Raimundo Sousa, o jovem tem apenas 17 anos e teria participado também do homicídio contra o taxista Carlos Alberto de Sousa, em agosto do ano passado.

 

A ação criminosa contra o taxista causou grande comoção popular. O crime ocorreu na rua Anísio de Abreu, centro de Teresina, e foi registrado por câmeras de segurança de um condomínio. De acordo com o comandante da Rone, o adolescente seria o responsável por conduzir o táxi roubado da vítima. No vídeo, ele aparece de camisa azul e após o comparsa sair correndo atrás do taxista, o jovem se aproxima e aplica uma voadora na vítima que cai.

Sobre o crime desta semana, a morte da mulher teria ocorrido por engano, enquanto os quatro jovens buscavam executar um rival da região, filho de Maria Gorete. 

O restante do grupo  foi apreendido em Teresina nos bairros Porenquanto, Morro da Esperança e Ilhotas e levado para a Central de Flagrantes de Teresina. Um dos suspeitos foi encontrado com 10 pedras de crack e fazia consumo do entorpecente no momento em que foi localizado. Com eles também foi apreendido um aparelho celular contendo áudios em que os suspeitos conversam sobre o crime logo após ocorrido ()

Em um dos arquivos, um dos jovens afirma ter visto pela televisão a notícia da morte da vítima e questiona os colegas: "Vocês mataram a mulher sem ela ter nada a ver, 'ladrão', porque vocês fizeram isso aí? Isso aí foi vacilo".  

De acordo com a polícia, todos têm passagens por crime de roubo. A principal suspeita da polícia é de que havia uma disputa pelo território do tráfico na região. 


Entenda

Segundo os policiais, os jovens roubaram um carro no bairro Ilhotas na tarde desta quarta-feira (22), mantiveram a proprietária refém e após libertá-la foram até o local onde o crime ocorreu.

Os jovens chegaram à casa do alvo dos tiros e, sem encontrá-lo, dispararam contra duas mulheres que estavam na porta de casa. Uma delas era mãe do rapaz que seria assassinado. 

Maria Gorete morreu a caminho do Hospital de Urgência de Teresina (HUT) após ser atendida pelo Samu. Sua vizinha, que levou um tiro no braço, recebeu atendimento médico. 

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Agentes descobrem túnel de seis metros em cela de presídio de Esperantina

  • Divulgação/Sinpoljuspi
  • Divulgação/Sinpoljuspi
  • Divulgação/Sinpoljuspi
  • Divulgação/Sinpoljuspi
  • Divulgação/Sinpoljuspi

Agentes penitenciários e policiais militares descobriram na noite de terça-feira (21) um túnel de seis metros em uma cela da Penitenciária Regional Luiz Gonzaga Rabelo, em Esperantina, a 175 quilômetros de Teresina.

De acordo com o vice-presidente do Sindicato dos Agentes Penitenciáris do Piauí (Sinpoljuspi), Kleiton Holanda, a descoberta aconteceu após agentes escutarem sons de pancadas vindos de dentro de um dos pavilhões.

"Os quatro agentes de plantão e os dois militares que cuidam da vigilância externa ouviram várias batidas no interior da parte onde ficam as celas. O vice-diretor da unidade reuniu os agentes e os militares, pediu o apoio da Guarda Militar e da Força Tática e fez uma vistoria. Tudo isso aconteceu por volta das 23h. Na cela 1 do Pavilhão B, foi encontrado um túnel de seis metros de comprimento", detalhou o sindicalista.

Segundo Kleiton Holanda, a cela onde o túnel foi cavado abrigava 11 presos. Para quebrar a laje, os detentos usaram pedaços de ferro arrancados da parede da próprio cela. Para cavar, marmitas. "O chão é úmido e fácil de ser escavado. A estrutura é muito frágil. Havia responsáveis por roubos, assaltos e tráfico de drogas. Eles passarão por um processo disciplinar e podem pegar até 30 dias de isolamento sem direito a visita e banho de sol", explicou o vice-presidente do Sinpoljuspi.

A Penitenciária Luiz Gonzaga Rabelo tem capacidade para atender 157 presos, mas abriga atualmente um total de 275. "Está acima do dobro da capacidade e temos um número insuficiente de agentes penitenciários. Tivemos êxito nesse momento, mas é preciso ter sorte para ouvir essas batidas", lamentou Kleiton Holanda.

Flávio Meireles
flaviomeireles@cidadeverde.com

Caso de feto humano encontrado em Esperantina permanece um mistério

O caso do feto humano encontrado no quintal de uma casa de Esperantina, a 175 quilômetros de Teresina, permanece um mistério. Mesmo após um dia de investigações, a Polícia Civil ainda não descobriu quem foi responsável pelo abandono.

Em parceria com profissionais do Programa Saúde da Família (PSF) do conjunto Mão Santa, onde o feto foi encontrado, policiais descobriram que todas as mulheres grávidas acompanhadas pelo PSF na região continuam gestantes.

Com a informação, a Polícia Civil descartou que a responsável por abandonar o feto morasse no bairro. Agora, os policiais trabalham com duas hipóteses: ou a mulher mora em outra região ou estava escondendo a gravidez.

Flávio Meireles
flaviomeireles@cidadeverde.com

Posts anteriores