14/12/12, 15:45

Família divulga carta de Fernanda Lages psicografada por médium

EXCLUSIVO: Carta foi escrita em dezembro. No documento, a estudante fala em "justiça de Deus". Veja na íntegra!

A estudante de Direito Fernanda Lages, encontrada morta em agosto de 2011, teria escrito uma carta psicografada que foi entregue à família no dia 4 de dezembro. No documento, a universitária pede desculpas à mãe por não ter seguido à risca seus conselhos, mas não fala sobre o que aconteceu no dia de sua morte.




Veja a carta na íntegra:

"Meu pai, minha mãe, que Deus vos abençoe neste momento onde a saudade nos invade trazendo tormentos que sentimos desde a minha partida.

O pior minha mãe já passou. As mãos de Deus me acolheram e por isso posso dizer que reergo-me após lutas vividas nesses últimos dias. Estou me libertando de tudo que aconteceu. Estou me tranquilizando com as suas preces que sempre me acompanharam por este caminho que trilho hoje. Deus minha mãe, é Pai, é Misericórdia, e por isso não devemos perder as esperanças, que depois de tudo que aconteceu eu vou voltar a ser feliz novamente.

O momento é de esquecer o que passou, olhar para frente e pensar positivo e não se deixar escravizar pelo que foi noticiado.

Mãe, já sofri, as dores já passaram, as feridas estão quase cicatrizadas e devo muito à senhora que sempre esteve comigo neste mundo, seja em sonho, seja em pensamentos.

Pedi por tudo mais sagrado que eu pudesse enviar uma carta porque sei o quanto vai ser triste mais esse natal e ano novo, porque são as festas que a senhora mais estima. Esse ano que se aproxima vai ser tudo diferente, você vai ver.

Mãe obrigado, obrigado por tudo que a senhora me ofereceu.

Pai, sei que te devo muito, tudo que me deu.

Eu quero ser feliz juntamente com vocês, a vida não acaba e sim continua, e neste momento estou nas mãos de Deus.

Mãe, nunca deixei de analisar os seus conselhos e me perdoe se não segui a risca tudo aquilo que a senhora procurou me dizer, ensinar.

O meu quarto é o lugar preferido ao retornar a minha casa e lá me declino na minha cama e me ponho a pensar, reviver tudo o que vivi, os momentos de felicidade quando nós programávamos viagens.

Foi tudo muito lindo, e ainda será.

Mãe, pai, a justiça de Deus através de suas leis alcança a todos os seus filhos e ninguém escapa aos resgates que temos que realizar nestas vidas e nas outras.

Estou daquele jeito que a senhora não gostava muito, ou seja, sonolenta pelas vibrações que recebo neste momento e também não troco o dia pela noite.

Aqui as coisas são mais certinhas, a disciplina está acima de tudo para que tenhamos o merecimento de poder escrever, falar com vocês em sonho.

Pai, os seus esforços não foram em vão, pra isso mostra o teu amor, o teu carinho.

Nesta carta não posso retratar tudo que aconteceu porque não é esta a finalidade e sim falar de coisas positivas, mas um dia tudo será esclarecido para que nos tranquilizemos após dias tempestuosos que vivemos.

Agradeço pelas orações, pelos carinhos que recebi e ainda venho recebendo.

Eu os amo, adoro, por tudo que vivemos, tenha a certeza que ainda viveremos.

Mãe nada acabou e nunca vai acabar, nós somos eternos. Isto quer dizer que ainda vamos voltar a sorrir novamente.

Minha mãe a sua benção, meu pai também.

Família querida, muitas saudades. Amo a todos vocês e tenho a certeza de que ainda vamos todos ser felizes para sempre.

Mãe quero te ver como era antes.

Pai, a vida segue, nós vamos nos encontrar.

Não acabou, eu estou com vocês no meu coração e pra onde eu vou vocês vão comigo.

Ah! Como gostaria de voltar no tempo e ser aquela criancinha a fazer a primeira comunhão, receber os seus beijos juntamente com as alegrias que vivíamos.

Amo com todas as forças da minha alma.

Pai, ainda vou coçar a tua cabeça, ainda vou te dar muitos beijos.

Que Deus vos abençoe.

Nós vamos ser felizes, vocês vão ver.

Feliz Natal, Ano Novo repleto de realizações. O pior já passou.

Obrigado meu Deus!


Fernanda Lages"





A carta teria sido psicografada por um médium que frequenta o centro espírita "Lar Espírita do Samaritano", na zona Leste de Teresina. O documento entregue à família foi digitado e assinado pela estudante.


A tia de Fernanda, Cassandra Lages, diz acreditar na carta. "Eu acredito porque foi entregue por uma federação, eles não iriam brincar com isso. Além disso, em alguns trechos ela fala sobre a Primeira Eucaristia dela e eles não teriam como saber", destacou.

 


O pai da estudante, Paulo Lages, afirmou ter esperanças de um dia voltar a encontrá-la. "Quando eu for eu quero que ela me receba", disse.



Joelson Giordani (TV Cidade Verde)
Jordana Cury (Cidadeverde.com)
jordanacury@cidadeverde.com

| © CidadeVerde.com 2014 | Todos do Direitos Reservados - Site by Masvio |