Cidadeverde.com

Filha acusada de agredir pai de 95 anos responderá a processo em liberdade

                                      Fotos: Imagens/ TV Alvorada

O juiz Noé Pacheco de Carvalho determinou a soltura da dona de casa Denilde da Costa Alvarenga acusada de agredir o próprio pai de 95 anos de idade dentro de casa, no município de Floriano, a 244 km de Teresina. De acordo com informações da 1ª Vara Criminal do município, a mulher foi liberada a pedido do defensor público Jefferson Kalume, após ser audiência de instrução na semana passada. 

As suspostas agressões foram divulgadas em dezembro de 2014 após um vizinho registrar imagens do aposentado durante o banho sendo agredido a tapas e cotoveladas. Em um dos momentos, uma jarra de água gelada é derramada sobre o idoso. O caso gerou comoção em todo o estado e a acusada chegou a pedir abrigo na delegacia, temendo um possível um linchamento pelos moradores da região e até parentes.

Pela decisão do magistrado, os motivos que levaram a expedir o mandado de prisão preventiva não representam ameaça ao processo de instrução, que já foi concluído. 

Denilde da Costa responderá em liberdade até que o processo seja trânsito em julgado. 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Paixão de Cristo terá Oscar Magrini, Luigi Baricelli e Elke Maravilha

  • Oscar Magrini, interpretará Caifáz
    Divulgação
  • A posição de Caifás foi a de estabelecer que Jesus era culpado não só de blasfêmia, mas também de se ter proclamado o messias
    Divulgação
  • Luigi Baricelli viverá Pôncio Pilatos
    Divulgação
  • Pôncio Pilatos foi o juiz que, de acordo com a Bíblia, condenou Jesus à morte na cruz
    Divulgação
  • Elke Maravilha será Herodias
    Divulgação
  • Herodias. Esposa de Herodes Ântipas, a qual, por meio da sua filha Salomé, pediu e recebeu a cabeça de João, o Batizador, em 32 EC.
    Divulgação

A encenação da Paixão de Cristo de Floriano (240 km de Teresina) acaba de anunciar Elke Maravilha, Luigi Baricelli e Oscar Magrini como parte do elenco do espetáculo, que este ano, será apresentado nos dias 3 e 4 de abril. O evento é organizado pelo Grupo Escândalo Legalizado de Teatro - Escalet.  Oscar Magrini interpretará Caifáz, Elke Maravilha será Herodias, e Luigi Baricelli viverá Pôncio Pilatos.

O espetáculo mostra momentos marcantes da história de Jesus do batismo à ressurreição. Estima-se que a montagem do grupo Escalet já foi vista por mais de dois milhões de espectadores em mais de 165 apresentações tanto no Teatro Cidade Cenográfica, como em festivais e praças públicas do país. Além disso, ele é considerado o maior evento cultural do Piauí - um atrativo que movimenta o turismo local, com mais de 30 mil espectadores por ano. 

Esse ano, o evento está na sua 20° montagem e conta com um elenco formado por 350 pessoas, incluindo atores oriundos de oficinas realizadas em Floriano pelo próprio Escalet. Para enriquecer e valorizar ainda mais a encenação, o grupo conta desde 2002 com a participação de grandes nomes de projeção nacional, como Carlos Casagrande, Jackson Antunes, Marcela Barroso, Claudio Herinch, Mônica Carvalho, Dalton Vigh, Guilherme Weber, Caio Blat, Manoela do Monte, Camila Rodrigues, Patrícia Wernek, Marco Antônio Gimenez, Ricardo Pereira, Luciano Szafir, Thiago Fragoso, Alexandre Slaviero, Gustavo Leão, Marco Pigossi, Tuca Andrada, Rafael Cardoso, Heitor Martinez e Giselle Soares.

Além de florianenses, o espetáculo atrai grande público de cidades próximas, e vários grupos se organizam em excursões para assistir a Paixão de Cristo ao vivo. A programação religiosa da cidade conta ainda com visita a Igreja Matriz São Pedro de Alcântara, Capela Padre Pio de Pietrelcina, Igreja Nossa Senhora da Guia e Mosteiro das Monjas.

A Paixão de Cristo em Floriano conta com apoio do Governo do Estado do Piauí, Prefeitura do Município de Floriano, Caixa Econômica Federal, Ministério da Cultura, Lei Rouanet de Incentivo a Cultura, Fundação Cultural do Piauí, Laboratório Sobral, Credshop, Drogaria Globo, São Jorge Supermercado, Comercial Carvalho, R. Damasio, Casas das Linhas, Cacique Combustível, Analise Contabilidade, Casa do Frango, SEBRAE, Caixa Econômica Federal, Jeva/Rommanel, Armazém Paraíba e Fiat Santa Clara.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Mesmo sem reagir, homem é baleado em assalto a própria empresa

O empresário Marcelo da Silva Gomes foi atingido com um tiro na perna durante assalto à própria empresa, especializada na locação de materiais de trator, no bairro Canela em Floriano.  A titular do 2º Distrito Policial, delegada Luana Alves, informou que um dos suspeitos já foi preso e a motocicleta utilizada na ação criminosa foi apreendida próximo à residência de familiares de um dos acusados.

O assalto ocorreu por volta das 19h, desta quinta-feira (19). A vítima informou a Polícia Civil que obedeceu ao comando dos criminosos e entregou bens pessoais como celular e dinheiro. 

"O depoimento do empresário foi colhido no hospital e ele disse também que a dupla estava visivelmente sob efeito de alguma substância entorpecente e atirou sem que ele reagisse", explica a delegada. 

No assalto, a dupla utilizou um revólver com cabo de borracha e o calibre da arma ainda será identificado. "O empresário foi submetido a uma cirurgia em Floriano, mas não foi possível a retirada do projétil e ele está sendo encaminhado a Teresina", reitera Luana Alves.

O suspeito preso não teve a identidade revelada e foi reconhecido pela vítima como sendo o autor do disparo. O outro já foi identificado e teria pasagens pela polícia. Os dois deverão responder por furto qualificado. 

Roubo a padaria

Uma panificadora no centro de Floriano também foi alvo de criminosos na noite de ontem. A delegada Luana Alves descarta a relação entre os assaltos e revela que os suspeitos foram identificados através de câmeras de seguranças de estabelecimentos comerciais. 

"O assalto a padaria ocorreu por volta da 23h e eles só levaram R$ 100 porque o proprietário já havia recolhido a maior parte do dinheiro. Nesse caso, os bandidos também agiram em dupla e sempre da mesma forma. Chegam armados ao estabelecimento comercial, vão ao caixa e levam tudo", esclarece.


Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

'Arrocha Um Aperta o Outro' é campeã do carnaval 2015

A escola de samba 'Arrocha Um Aperta o Outro' foi campeã do carnaval 2015 de Floriano. O enredo homenageava as mães do mundo, mulheres guerreiras que dão à luz e lutam para criar seus filhos. Entre os destaques, uma alegoria com uma boneca gigante que representava uma mulher grávida e cegonhas com trouxinhas de bebês no bico.

A segunda colocação ficou com a 'Rosa de Ouro' que trouxe clássicos infantis para avenida. Bruxas, príncipes e princesas encheram os olhos dos foliões. Com a magia do circo, a estreante 'Beija Flor da Princesa' ficou em 3º lugar.Palhaços, malabaristas, contorcionistas e um homem que cuspia fogo no corredor da folia foram os destaques da agremiação. 

“A aceitação do público superou as nossas expectativas. Sabemos que o novo assusta, mas aqui percebemos que essa mudança agradou e muito aos foliões e visitantes, prova de que o nosso carnaval continua sendo o melhor do estado e atendendo as expectativas do folião", George Everson, presidente da COC.

Ao todo 18 jurados fizeram parte da comissão. Entre os itens avaliados samba enredo, mestre sala e porta bandeira, alegorias e fantasias, bateria, comissão de frente e evolução. Cerca de 20 mil foliões lotaram a avenida Beira Rio.

O prefeito Gilberto Júnior e o presidente da Comissão Organizadora do Carnaval – COC, George Everson, compareceram à avenida no último dia de carnaval e caíram na folia com blocos Chanas Cheirosas, Tradição e Os Ingratos que arrastaram a multidão com suas marchinhas de carnaval, forró e MPB em ritmo de samba e muita descontração.

“A cada ano percebemos como este desfile faz a diferença no carnaval de Floriano. O público vem para olhar, participa e canta os sambas das escolas, e isso é cultura, um tipo de cultura que já faz parte da identidade do município. As escolas estão de parabéns pela criatividade e desfile apresentado", disse o prefeito.


Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Adolescente de 14 anos mata padrasto com três facadas após briga em Floriano

Uma adolescente de 14 anos foi apreendida após ter matado o próprio padrasto de 46 anos com três facadas na manhã deste domingo (15). O crime ocorreu por volta das 6h no bairro Tamboril em Floriano, a 244 km de Teresina. De acordo com o comandante da Polícia Militar do muncípio coronel Lisandro Honório, vizinhos relataram um relacionamento ruim entre a família.

"Eles moravam em um botequinho de taipa em uma situação de pobreza absoluta. Segundo o relato dos vizinhos, já havia um relacionamento conturbado dentro da família. Há informações de que ele batia nela", explicou o policial.

As três facadas atingiram a região abdominal do homem que morreu na hora. A jovem foi levada para a delegacia regional de Floriano onde está apreendida neste momento. De acordo com o delegado Francisco de Assis Carvalho, em seu depoimento, a jovem explicou que o crime teria sido motivado após uma discussão, e ela teria matado o padrasto em defesa da mãe, pois ela estaria sendo agredida pelo homem.

"Já havia um processo judicial de separação, ele ingeriu alguma bebida alcoólica e tentou segurar a menina, que infelizmente acabou ceifando a vida dele. Teria sido em defesa da mãe, já que segundo ela, ele tentou agredi-la também", ressaltou o delegado.

A mãe da jovem também prestou depoimento na delegacia separada da garota e segundo o delegado, os depoimentos coincidem. O Conselho Tutelar acompanhou as oitivas na delegacia.

O delegado explica que com a autoria identificada os trabalhos da Polícia Civil estão encerrados neste crime e o relatório será encaminhado para a Justiça.

"A menor está apreendida  e já comunicamos ao Ministério Público que irá se manifestar pela internação dela ou não", concluiu o delegado.

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Secretaria de Segurança fiscaliza carnaval de Água Branca e Floriano

Técnicos da Secretaria Estadual de Segurança visitam neste final de semana cidades do interior do Piauí com maior movimentação no carnaval. A equipe passou neste sábado (15) por Água e Branca e Floriano.

Em Água Branca, uma grande estrutura foi montada para garantir a segurança dos foliões. Ao todo mais 40 homens da Polícia Civil e 40 da Polícia Militar estão na cidade. "Recebemos reforço de municípios da região e de Teresina", informa o delegado Tomaz de Aquino.

Em Floriano, o efetivo policial é maior. São 100 policiais militares diariamente nas ruas, além de 30 policiais civis e cinco delegados que se revezam em plantões na delegacia móvel e nas sedes dos distritos.

Além disso, a Polícia Militar destacou 1.018 homens de vários municípios do interior e da capital que ficarão responsáveis pelo reforço de cidades com maior número de turistas em decorrência das festas carnavalescas. Além do policiamento normal, 367 policiais reforçam a capital e 621 o interior do estado.

O futuro secretário estadual de segurança, deputado Fábio Abreu, acompanha as visitas e diz que o trabalho servirá para fazer um diagnóstico da estrutura do estado para o combate a criminalidade. "Estamos fazendo visitas, conversando com policiais e delegados para que possamos conhecer de perto a realidade e efetivar melhorias", afirmou. O trabalho da Secretaria de Segurança continua até a próxima terça-feira (17) com a visita a outros municípios do sul e norte do Piauí.

 

redacao@cidadeverde.com

Carga de cigarro contrabandeado é apreendido em ônibus que vinha de São Paulo

Policiais Rodoviários Federais apreenderam 100 maços de cigarro (o equivalente a duas mil carteiras) de origem paraguaia e uma espingarda calibre 36, na noite desta segunda-feira (09), no Km 305 da BR 230 em Floriano/PI. O contrabando e a arma estavam sendo transportados em um ônibus de placas GPN-7983, de origem de São Paulo com destino a Novo Oriente no Piauí. 

O veículo não possuía autorização para realizar a viagem, motivo pelo qual também foi retido e autuado o motorista C. M. da S., 44 anos, que foi encaminhado à Delegacia local, já que também não foi possível identificar o responsável.

Esta é a segunda grande apreensão de cigarros paraguaios nesse ano no Piauí. 

"A PRF está atenta e continuará combatendo a prática. Isso porque, além das questões tributárias, há os riscos à saúde pública. Se o cigarro já possui diversas substâncias tóxicas, essas marcas que não passam por uma vistoria dos órgãos internos acabam representando um risco maior, pois não foram submetidos sequer a um controle mínimo de qualidade", destacou o inspetor Fabrício Loiola.

 

Da redação
redacao@cidadeverde.com

Operação flagra caminhão com 48 mil litros de álcool irregular no Piauí

A Delegacia de Crimes Contra a Ordem Tributária, Econômica e Relações de Consumo (Deccoterc) e a Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz) realizaram uma operação conjunta que flagrou um caminhão transportando 48 mil litros de álcool combustível em descaminho no Piauí.

Com a retenção da carga no Posto Fiscal de Pontões, localizado na BR-230, em Floriano, a operação gerou uma receita de R$ 42.109,60 para o Governo do Estado, somando multas, juros e ICMS recolhidos.

Segundo o delegado João José, o "JJ", dados preliminares apontam que cerca de oito a dez cargas de álcool combustível foram descarregadas ilegalmente pela mesma empresa no Piauí. “Isso será devidamente apurado para que sejam adotas as medidas legais cabíveis. Vamos continuar investigando para que o Estado recupere todo o tributo devido e essa fraude fiscal não venha mais acontecer”, comentou o titular da Deccoterc.

O crime tributário só foi descoberto porque o transportador procurou o Posto de Fiscalização da Sefaz para baixa do passe sem a presença da mercadoria, o que levou o Governo do Estado a entrar em contato com as Secretarias da Fazenda de origem e destino, confirmando assim a constatação de descaminho, uma vez a nota fiscal apresentava constava que a mercadoria vinha de Alagoas e tinham como destino o Paraná, e não Floriano onde tentaram baixar o PAF.

Após constatarem a irregularidades, agentes da DECCORTEC e do COE foram acionados para fazer a inspeção no veículo, cujo lacre estava violado. O caminhão, então, foi recambiado para o Posto Fiscal da Tabuleta, em Teresina.

A Sefaz informou que a Deccoterc continuará a fiscalizar outras operações similares anteriores, uma vez que a mesma empresa é suspeita de descarregar ilegalmente outras cargas de álcool no Piauí. A suspeita aumentou após o Governo do Estado ser informado pela Secretaria de Fazenda do Paraná que a empresa que receberia a mercadoria, conforme consta na nota fiscal, não tinha mais inscrição no referido Estado.

Da Redação
redacao@cidadeverde.com

Acusado de tráfico de drogas é preso após enterrar maconha no quintal de casa

                                     Fotos: Cida Santana

A Polícia Civil encontrou maconha enterrada no quintal de uma residência no bairro Nossa Senhora da Guia, em Floriano. A apreensão ocorreu durante operação 'Guia', em alusão ao nome da região, deflagrada em parceria como a Polícia Militar e Polícia Rodoviária Federal, na madrugada desta sexta-feira (06). De acordo com Walter Cunha, delegado do 1º Distrito de Policial, foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão e um homem identificado como Edilberto da Conceição Silva, conhecido como Pitoco, foi preso. 

"Dos seis mandados judiciais, um era na residência do Pitoco e outros três relacionados a familiares dele, onde conseguimos apreender também uma arma. Os outros dois eram relacionados com o tráfico de drogas, mas não tinham relação com ele. Na casa conseguimos encontrar uma bolsa com farelos de maconha", explica o delegado. 

No momento da abordagem, Edilberto da Conceição estava na residência com a esposa e filhos e negou ser dono da droga. "Ele nega, mas em oitivas já tínhamos colhidos informações de pessoas que compraram drogas em sua casa e apreensão do entorpecente só veio a confirmar e será juntado aos autos. Além do tablete de maconha foi encontrado mais de R$ 600 em cédulas trocadas escondidas em um cofre no chão do quarto", reitera Cunha. 

O Delegado Regional Assis Carvalho Neto conta ainda que na residência de Pitoco foi encontrado também dois tatus, o que caracteriza crime ambiental.

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Paixão de Cristo completa 20 anos e já tem data definida

A 20ª edição da Paixão de Cristo de Floriano já tem data definida. A estrutura montada no Teatro Cidade Cenográfica em Floriano será ampliada e contará com 45 mil metros quadrados. Os palácios que representam a época de Cristo serão triplicados. No total, serão quatro cenários construídos e sete naturais.

De acordo com um dos organizadores do evento, César Crispim, o espetáculo acontecerá nos dias 3 e 4 de abril e a expectativa é que 20 mil espectadores assistam à encenação em cada sessão. 

“Fé e emoção definem o espetáculo que mostra a trajetória de Jesus, do batismo à ressurreição, e a consagrada e emocionante história da humanidade. O evento traz muitos benefícios para o Estado. É importante para o turismo, valoriza as entidades envolvidas e ainda dá uma maior oportunidade de desenvolvimento autossustentável para os atores do Piauí”, disse.

Mais 350 atores e figurantes participarão do elenco que contará com artistas de renome nacional, ainda a serem divulgados. Em 20 anos de montagem, estima-se que o espetáculo já tenha sido visto por mais de  dois milhões de pessoas. 

“Com essa encenação, o turismo na região é potencializado, fortalece a cultura local, tornando-a um referencial forte para o país. Também promove o desenvolvimento e profissionalização dos artistas e técnicos envolvidos na atividade, principalmente os que se encontram fora do eixo do mercado de trabalho e oferece à classe artística a oportunidade de desenvolvimento autossustentável. Além disso, valoriza as entidades envolvidas, tornando-as um referencial forte e agradável para os cidadãos, ampliando o campo de atuação com ações inovadoras que estejam dentro da política cultural de cada entidade”, explicou César Crispim.

Sobre o Grupo

Fundado em 1987, por jovens da cidade de Floriano, o Grupo Escândalo Legalizado de Teatro (Escalet) realiza um trabalho sociocultural com crianças e adolescentes do Piauí, com o objetivo de mantê-los fora da zona de risco. Em 1992, sob a direção da atriz Lorena Campelo, o grupo estreou a primeira montagem teatral em Teresina, a Árvore dos Mamulengos, de Vital Santos. 

Para consolidar o teatro no Estado e para reunir os artistas que surgiram ao longo das oficinas, o grupo implantou o projeto Cultura Viva ao Alcance de Todos, funcionando diariamente no Teatro Cidade Cenográfica. O projeto atende mais de 600 crianças, jovens e adolescentes por ano nos cursos de teatro, cinema, dança cultura popular, artes plásticas e literatura.

 

Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Posts anteriores