Juniors Cup: jogos difíceis definem finais das categorias 16 e 18 anos

Postado em 22/05/2012, 13:02

Em uma manhã de muito calor na Radical Tennis, o baiano Silas Cerqueira garantiu sua vaga na final da categoria 18 anos do Cidade Verde Juniors Cup. A vitória foi com 2 sets a 0 com parciais de 6\0 e 6\0. Para Silas, a disputa com Leandro Bazanini (SP) foi forte e houveram várias situações de pressão para o jogador.

Fotos: Evelin Santos / Cidadeverde.com


“Entrei em quadra equilibrado e consegui me desvencilhar das situações criadas pelo Bazanini. Ele fez um jogo de qualidade e agora é hora de concentração para a final”, afirmou o tenista.


Silas que já liderou o ranking nas categorias 14 e 16 anos tem foco nos torneios internacionais e já se prepara para o Cidade Verde Open de Tênis, para o qual terá que disputar o primeiro torneio qualificatório para  garantir vaga na chave principal.

O adversário de Silas na final da categoria 18 anos é o paulista Bruno Manelot Russo que venceu Vitor Carioca (DF) por dois sets a zero com parciais de 6\1 e 6\0.  Russo disse que o jogo de Vitor começou forte, e foi variando as jogadas que o tenista garantiu sua vaga na final.

“O ponto fraco dele eram as bolas altas que eu variei com slides, foi um jogo difícil”, acrescentou Russo.

Carioca, agora eliminado, disputa torneio em Manaus no dia 20 de junho, ele foi o tenista que eliminou o piauiense Bruno Botteon nas semifinais.

Categoria 16 anos

Já na categoria 16 anos quem garantiu vaga na final foi o tenista Bruno Stefani Figlia de São Paulo. A disputa com Vitor Fernandes Albanese também paulista terminou com dois sets a zero com parciais de 6\3 e 6\4.


Figlia comenta que sua principal dificuldade no Piauí tem sido o calor, mas que com o intenso treinamento diário é possível diminuir a exaustão.

“Treino todos os dias da semana, pelo menos duas horas e aqui no Piauí preciso beber muita água. No jogo a maior dificuldade foram as boas devoluções  dele que é um adversário forte”, afirmou o tenista.


O último jogo da categoria 16 anos acabou com a vitória de Lucas Santos (SP) por dois sets a um e parciais de 7(7) / 6(3) , 4\6 e 6\4. Fabio Ragazzi de Paula de São Paulo, teve dificuldades com dores na perna e acredita que as câimbras tenham atrapalhado bastante o resultado.


Para Lucas o calor também tem sido fator negativo nos jogos e uma dor no abdome que tem o incomodado em algumas partidas.

“Hoje a dor não apareceu e eu consegui fazer uma disputa forte, foi muito difícil pois tive um bom adversário. Não lembro de já ter jogado com Figlia, mas a final será um jogo muito forte”, concluiu o atleta.


Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

Tags: , ,

Comente