05/08/09, 16:27

Ladrão do Banco do Brasil trabalhou com venda de cofres

Ele sabe como desarmar os alarmes do banco. Quadrilha roubou R$ 500 mil. Veja o vídeo!

TV Cidade Verde
Anderson "Magro" foi flagrado duas vezes pelas câmeras do banco
 
Depois da prisão de cinco assaltantes acusados de roubar em janeiro a agência do Banco do Brasil da praça do Liceu, Centro de Teresina, a TV Cidade Verde teve acesso em primeira mão às imagens do circuito interno de segurança, que ajudaram a polícia a desbaratar a quadrilha no último fim de semana. Um dos integrantes é réu confesso e trabalhou em empresa nacional de venda e manutenção de cofres.
 
E é Anderson Bezerra dos Santos, o Magro, que aparece em uma das imagens gravadas no banco. As câmeras haviam sido levantadas para que não filmassem a ação, mas ele precisou subir no cofre para concluir o serviço e foi flagrado. Depois, Valmir Barbosa de Araújo, o Barbosa, aparece em frente à agência, abrindo a porta para que o comparsa deixe o local. O roubo rendeu R$ 500 mil.
 
De acordo com o delegado Carlos César Camelo, da Comissão Investigadora do Crime Organizado - CICO -, as imagens foram fundamentais para que a polícia chegasse até os bandidos, que estavam em Fortaleza/CE se preparando para um novo assalto a banco.
 
Valmir Barbosa de Araújo, o Barbosa
 
Sérgio Monteiro de Moura, o Serjão
 
Manoel Pereira das Chagas
 
Eliandro Lima de Sousa
 
Carlos César mostrou o material apreendido com a quadrilha, como os coletes e capacetes usados para cortar a ligação com a central de alarmes no Ceará. Além disso, eles possuíam uma furadeira martelete profissional, com a qual Anderson Santos conseguia destravar o cofre.
 
Ainda foram presos Eliandro Lima de Sousa; Sérgio Monteiro de Moura, o Serjão; e Manoel Pereira das Chagas. A previsão é de que eles sejam recambiados para Teresina até a próxima sexta-feira.
 
 
Douglas Cordeiro (TV Cidade Verde)
Fábio Lima (da Redação)
redacao@cidadeverde.com

| © CidadeVerde.com 2014 | Todos do Direitos Reservados - Site by Masvio |