24/04/12, 12:45

Polícia liga assassinato de jornalista do MA ao caso Fernanda Lages

Secretário de Segurança Pública do MA, Aluísio Mendes, não descarta ligação da morte de Fernanda ao do jornalista.

O secretário de Segurança Pública do Maranhão, Aluísio Mendes, informou ao Cidadeverde.com que o assassinato do jornalista Décio Sá pode ter ligação com o caso Fernanda Lages. O jornalista e blogueiro Décio Sá foi assassinado com seis tiros nesta segunda-feira (23), no bar Estrela do Mar, na Avenida Litorânea em São Luiz-MA.

Segundo o secretário, todas as hipóteses serão analisadas, inclusive a ramificação com a morte da universitária ocorrida há sete meses. 

Secretário de Segurança do Maranhão, Aluísio Mendes

“O jornalista publicou várias matérias falando sobre o caso Fernanda Lages. Expõe o crime no Maranhão e pode ter ligação. Mas, nenhuma hipótese será descartada”, afirmou o secretário por telefone.

Ele informou que Décio era um jornalista combativo e tinha vários desafetos. Aluísio Mendes destacou ainda que as postagens do jornalista no blog será peça no inquérito. “Sem dúvida, o seu blog será uma fonte principal na investigação”, disse.

Para Aluísio Mendes, o homicídio que vitimou o jornalista Aldenísio Décio Leite de Sá, mais conhecido como Décio Sá, de 41 anos, foi “obra de profissionais”, tendo sido “planejado meticulosamente, nos mínimos detalhes”. 

Décio Sá

“Pela forma como foi executado, o crime não foi realizado atabalhoadamente. Foi preparado por um longo tempo, meticulosamente, com a rota de fuga detalhadamente planejada, até para se evitar a câmera da barreira da Litorânea. Não tenho dúvida de que foi um crime de encomenda, executado por profissionais, que não se preocuparam nem em esconder o rosto. No entanto, a ação deixou rastros, como o carregador da pistola ponto 40, que recuperamos”, afirmou Aluísio Mendes.

Um laudo do Instituto de Criminalística vai determinar com exatidão quantos disparos atingiram Décio Sá e em quais locais do corpo.

Preliminarmente, foi divulgado por profissionais que realizaram a perícia que Décio levou seis tiros – quatro na cabeça e dois na região do tórax. Ainda está sendo apurado se o jornalista foi morto pela frente ou pelas costas.

O corpo de Décio Sá está sendo velado na Central de Velórios da Pax União, na Rua Grande (centro de São Luís). O sepultamento está marcado para ocorrer às 16h de hoje, no Cemitério Jardim da Paz, na Estrada de Ribamar.

Décio Sá deixa a mulher, Silvana, grávida de dois meses, e uma filha de 8 anos. Ele mantinha um blog independente e era repórter político do jornal O Estado do Maranhão, ligado ao Sistema Mirante, de propriedade da família Sarney.

Investigação

Participarão da força-tarefa para investigar o crime os delegados Maymone Barros, Jeffrey Furtado, Guilherme Sousa Filho, Augusto Barros, Marcos Affonso Júnior e Sebastião Uchoa. 


Matérias relacionadas:


Flash Yala Sena (Com informação do jornal O imparcial)
yalasena@cidadeverde.com

| © CidadeVerde.com 2014 | Todos do Direitos Reservados - Site by Masvio |