Versão para Impressão - Matéria publicada em 03/05/13, 16:05
Strans garante em mesa que não haverá reajuste na passagem
Acontece nesta tarde a terceira rodada de negociação entre os motoristas e donos de empresas de transporte.

A Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito participa pela primeira vez este ano de uma rodada de negociação entre o Sindicato dos Rodoviários e o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Teresina. A terceira reunião entre patrões e empregados acontece na sede da Superintendência Regional do Trabalho. Durante o encontro, Ricardo Freitas, diretor de Trânsito da Strans, garante que não haverá aumento na tarifa.

Yala Sena/Cidadeverde.com

"Qualquer solução que saia aqui não deve passar pelo aumento da tarifa para evitar desgastes à imagem do trabalhador e dos empresários", disse Ricardo Freitas.

O impasse entre motoristas e empresários permanece e pode chegar a uma greve por tempo indeterminado. A divergência é sobre o reajuste salarial. Os motoristas e cobradores pedem aumento de 15% e os empresários propõem 7%, com base no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC). Na tarde de hoje, a Superintendência Regional de Trabalho está intermediando um novo acordo para evitar a paralisação.

Francisco das Chagas, presidente do Sindicato dos Motoristas, alerta que os trabalhadores já rejeitaram em assembleia geral a proposta de 7%.


Estão presentes os vereadores Paulo Roberto da Iluminação (PTB) e Aluísio Sampaio (PDT). Representa o Setut, o vice-presidente Luis Mauro. A categoria laboral é representada pelo presidente do sindicato, Francisco das Chagas. 

Segundo o diretor da Strans, a planilha que rege o setor precisa ser revista e isso está sendon feito junto com a elaboração do novo sistema de transporte da capital. O edital para licitação está sendo elaborado e deve ser divulgado em junho. "O sistema está em exaustão, não está mais compatível com o tamanho da cidade. Já afirmamos aqui que a prefeitura não pretende dar nenhum reajuste enquanto não tiver certeza técnica da planilha", afirmou.

Flash de Yala Sena
Redação de Leilane Nunes
redacao@cidadeverde.com