24/02/11, 09:48

Quatro suspeitos do assalto ao BB de Miguel Alves são presos

Em um ano este é o terceiro assalto à agência do Banco do Brasil da cidade.

Atualizada às 11h45

Quatro suspeitos do assalto do Banco do Brasil foram presos no município de Lagoa Alegre, a poucos quilômetros de Miguel Alves. A informação é do capitão Fábio Abreu que vai reforçar a equipe da Rone que já está no local.

Fotos: Thiago Amaral/Cidadeverde.com


Matéria relacionada:
Quatro suspeitos do assalto ao BB de Miguel Alves são presos pela Rone


Atualizada às 10h35


Duas pessoas saíram feridas no tiroteio durante assalto a agência do Banco do Brasil de Miguel Alves (a 110 km de Teresina). O assalto ocorreu por volta das 8 horas, antes do banco abrir. Uma testemunha informou ao Cidadeverde.com que o gerente, um segurança e um caixa foram levados como reféns para garantir a fuga. Eles foram liberados no bairro Mangueirão, na saída da cidade.


“Eles mandaram todo mundo que estava dentro do banco sair e ficar na frente, deitados. E colocou uma vítima para transportar os valores até o carro que estava estacionado na frente da agência”, descreveu José Edimar, que disse ter ouvido mais de 20 tiros.



Atualizada às 10h

Cerca de seis homens numa L200, cor vermelha, invadiram a agência do Banco do Brasil de Miguel Alves nesta manhã. Eles chegaram na hora que o banco abria, às 9h, funcionários e clientes já estavam na agência. Policiais da Rone já foram enviados para a cidade.

“Eles pediram para o povo se afastar e foram atirando”, relatou Rejane, que trabalha num escritório bem próximo à agência e viu o início do assalto. “Depois eu corri para casa”.



Rejane disse que viu um rapaz sendo socorrido por ter levado um tiro de raspão, no olho e um senhor que levou uma coronhada. “Foi um terror!”, destacou.

Tinha muita gente na porta e eles quebraram os vidros. “Foram muitos tiros”, relembra.

O prefeito da cidade, Oliveira Júnior, está em Teresina, mas soube do fato. “Meus assessores foram até o banco hoje de manhã e ouviram um tiroteio”, declarou o prefeito.

O secretário de Administração da cidade disse que esteve no banco pouco antes do assalto. Jorge ficou preocupado porque muitos agentes de saúde estavam na porta à espera do pagamento que aconteceria hoje.

Este é o segundo assalto no local em menos de um ano.



Polícia

O delegado da cidade, Nilton, disse que na delegacia havia apenas dois de policiais, além dele. Ainda não tem informações de quanto eles levaram e que saíram em direção a União, mas ele acredita que tenham entrado no mato.

Assaltos

Este é o terceiro assalto em um ano. Um aconteceu no dia 07 de dezembro de 2009, onde fizeram cinco reféns, dez pessoas feridas e outro foi em 05 de julho de 2010, o gerente foi feito refém e a quadrilha demorou 50 minutos dentro do banco.


Aguarde mais informações


Caroline Oliveira
carolineoliveira@cidadeverde.com

| © CidadeVerde.com 2014 | Todos do Direitos Reservados - Site by Masvio |