04/11/08, 13:37

Sílvio Mendes: "Anestesistas é uma classe privilegiada"

Prefeito explica que cirurgião tem mais funções, porém o anestesista, que 'se restringe à sala de cirugia' ganha muito mais.

O prefeito de Teresina, Sílvio Mendes, disse que a greve dos anestesistas foi suspensa após a intervenção feita pelo Ministério Público e que agora está tudo resolvido. Mas, considera que a categoria é privilegiada entre a classe médica.

“Eu fico a vontade em dizer que os anestesistas têm privilégios, até porque sou médico. O cirurgião qualquer que seja ele, recebe o paciente na urgência, faz o pré-operatório, faz o ato principal, que é o ato cirúrgico, faz o pós-operatório e acompanha o paciente até o final quando é dada a alta. O Anestesista faz um ato tão importante quanto, mas ele se restringe ao ato dentro da sala de cirurgia e ganha mais que o cirurgião”, explicou Sílvio Mendes.
 

E acrescenta: “É um poder que eles têm por serem indispensáveis, e nós não temos alternativas, nós fizemos concurso e eles não compareceram e isso só vai se resolver quando tiver mais profissionais no mercado”.

Os anestesistas, após a conversa com a promotora Cláudia Seabra aceitaram prorrogar o prazo de pagamento. O prefeito disse que já foram colocados mais auditores no Hospital de Urgência de Teresina (HUT) para pegar os prontuários que não foram pagos e está pedindo para os médicos completarem, porque só poderá pago quando os prontuários estiverem completos.


Caroline Oliveira
carolineoliveira@cidadeverde.com

| © CidadeVerde.com 2014 | Todos do Direitos Reservados - Site by Masvio |