Cidadeverde.com

Foragido da Justiça de Brasília é preso após molestar menina de sete anos

O acusado identificado como Leonir Pereira da Rocha foi preso após molestar de uma criança de seis anos em São Raimundo Nonato, município a 517 km de Teresina. De acordo com a delegada regional Cinthia Vasconcelos, o suspeito foi preso pelo próprio pai da menina, que o perseguiu e prendeu após ser avisado do abuso.

"A menina estava com a irmã, o pneu da bicicleta em que elas estavam furou e a menina ficou lá na rua enquanto a irmã ia procurar ajuda. Ele pegou a menina, botou no colo e  começou a alisar as partes íntimas dela no meio da rua. A irmã gritou e foi chamar o pai e ele mesmo prendeu o homem", contou a delegada.

Durante consulta aos antecedentes criminais do suspeito, a Polícia descobriu que ele possuía um mandado de prisão em aberto e era foragido da Justiça de Brasília pelo mesmo crime, estupro de vulnerável. O suspeito foi preso em flagrante e transferido para o presído. Ele encontra-se a disposição da Justiça 

Segundo a delegada, o acusado pode responder pelo crime no Piauí já que responderá pelo flagrante.

Rayldo Pereira
rayldopereira@cidadeverde.com

 

 

Governo finaliza aeroporto de São Raimundo Nonato para homologação

O secretário dos Transportes (Setrans), Guilhermano Pires, esteve na manhã desta quarta-feira (19), em São Raimundo Nonato, realizando uma visita ao Aeroporto Internacional Serra da Capivara para apresentar à imprensa e também para a arqueóloga Niéde Guidon. O aeroporto já se encontra com suas obras finalizadas, restando apenas alguns reparos para que a pista seja homologada.

Construído na zona rural do município de São Raimundo Nonato, região Sudeste do Piauí e distante 525 quilômetros da capital, “o aeroporto irá garantir o mínimo de 5 milhões de turistas por ano na Serra da Capivara, que é um patrimônio da humanidade e nós estamos com um governo que deseja terminar essa obra”, explica Niéde Guidon.

Segundo o secretário Guilhermano Pires, o ideal é partir primeiro para a homologação da pista, pois em visita da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) foram apontadas algumas falhas na pista e no entorno e, por isso, o aeroporto ainda não está em funcionamento. “Esses problemas já estão sendo regularizados mediante uma licitação em andamento na Setrans. Assim que as falhas forem corrigidas, nós solicitaremos uma nova visita da Anac para que a pista do aeroporto seja homologada”, diz o secretário.

Ainda de acordo com ele, a homologação deve ocorrer em torno de 30 a 60 dias. A casa de passageiros já se encontra praticamente finalizada, faltando ainda pequenos detalhes como o corrimão das escadas e esteira. O aeroporto, que tem formato de Capivara e já tem toda a parte estrutural pronta, hidráulica e elétrica, incluindo elevadores, revestimento no piso, forro, vidros, portas, lanchonete, equipamentos contra incêndios, entre outras áreas, será um dos maiores aeroportos regionais do Brasil e, segundo o secretário, “esse já é, com certeza, o aeroporto regional mais bonito do Brasil”.

É um comprometimento da Setrans em fazer o aeroporto funcionar devidamente e ela vai atuar tanto na questão burocrática em torno das homologações e também na questão física em relação aos pequeno reparos que devem ser feitos. “Nós estamos comprometidos a fazer esse aeroporto funcionar e entregar à sociedade, à Serra da Capivara, ao Sul do estado do Piauí para que ele cumpra a função de alavancar o turismo de toda a região do Piauí. Milhões de pessoas com um grande poder aquisitivo terão acesso à Serra da Capivara e isso trará um crescimento econômico para toda a região”, explica o secretário Guilhermano Pires.

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Câmeras flagram assalto e suspeito é baleado em tiroteio

  • Portal SRN
  • Portal SRN
  • Portal SRN
  • Portal SRN
  • Portal SRN
  • Portal SRN

A Polícia Militar de São Raimundo Nonato,a 517 km de Teresina, prendeu nesta segunda-feira (16) um dos suspeitos do assalto a um comércio no bairro Santa Fé, na última semana. Imagens de segurança fornecidas pelos proprietários mostram o momento do assalto, quando o acusado chega em uma moto, entra na loja de capacete e com uma arma, ameaça os funcionários e leva o dinheiro do caixa. Veja as imagens:

Antes de ser preso, o suspeito acabou ferido em uma troca de tiros com a Polícia e foi encaminhado para o Hospital Senador Cândido Ferraz. 

O outro suspeito que aparece nas imagens ainda está foragido e a Polícia realiza buscas nas imediações da comunidade Tanque.

A motocicleta que aparece nas imagens, modelo Honda de cor preta foi apreendida.

Rayldo Pereira
Com informações de Portal SRN
rayldopereira@cidadeverde.com

 

Polícia de São Raimundo Nonato prende dois e encontra munição de fuzil

Uma operação realizada no último sábado (14) na cidade de São Raimundo Nonato resultou na prisão de duas pessoas suspeitas de tráfico e receptação. A ação foi realizada pelas polícias Civil e Militar durante o cumprimento de mandados de busca em três residências no centro e no bairro Alto São Félix. 

 

Fotos: Divulgação Polícia Civil

 

Segundo a delegada Cynthia Verena, em duas casas foi encontrada uma grande quantidade de produtos que seriam provenientes de roubos e furtos na cidade. “Foi feita a apreensão de doze botijões de gás, dez  celulares, três relógios, nove furadeiras e máquinas, três notebooks, entre outros objetos. Ainda encontramos munições para fuzil uso exclusivo do exército e certa quantidade de maconha no bar do indivíduo conhecido por Raimundo da Rua de Baixo”, descreve.

De acordo com a polícia, a ação foi resultado de um trabalho articulado durante alguns meses e foram presos Raimundo Nonato dos Santos, 55 anos, por receptação e posse de munição de uso restrito, e Gerson Lima, por tráfico de droga, pois com ele foram encontrados 180g de maconha.

 

 

“Estava havendo muitos furtos na cidade e acreditamos que tinham relação com o tráfico, por isso realizamos a operação”, completa a delegada, solicitando que as pessoas que tenham sido roubadas ou furtadas procurem a delegacia. 

 

Carlos Lustosa Filho
carloslustosa@cidadeverde.com

SRN: após relatório da Anac, Strans executa melhorias em aeroporto

O gerente de Engenharia de Infraestrutura Aeroportuária, da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Hugo Vieira de Vasconcelos, enviou no último dia 4 o relatório com detalhamento da inspeção realizada pela agência em novembro do ano passado ao Aeroporto da Serra da Capivara, em São Raimundo Nonato, no Sul do Piauí.

Com base no referido detalhamento, o diretor de Transportes Modais da Secretaria dos Transportes do Piauí, o engenheiro Osvaldo Leôncio, fez a verificação in loco e quantificou os serviços a serem realizados.

De acordo com o secretário dos Transportes do Piauí, Guilhermano Pires, “a partir disso será contratada uma empresa de engenharia para que procedam as benfeitorias necessárias no mais breve espaço de tempo possível a fim de que a Anac possa proceder a nova inspeção e verificada que as irregularidades estão corrigidas seja efetuada a homologação”. O secretário acrescentou que até o fim de março o aeroporto esteja em pleno funcionamento.

Em janeiro deste ano, o Ministério da Aviação Civil autorizou ao Governo do Piauí um montante de R$150 milhões para a reforma e ampliação dos aeroportos nos municípios de Picos, Floriano, São Raimundo Nonato, Paulistana, Parnaíba, Bom Jesus e Corrente, tornando o Piauí parte do Plano de Desenvolvimento da Aviação Regional. Com isso os aeroportos dessas cidades receberão voos regionais com passagens subsidiadas, ficando assim mais baratas quando tiverem a homologação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac).

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Serra da Capivara é citada na França como um dos oito santuários do Brasil

O jornal francês Le Fígaro selecionou oito “santuários” pouco conhecidos dos turistas no Brasil. Classificados como locais “magníficos e distantes da multidão”, um desses santuários é o Parque Nacional Serra da Capivara em São Raimundo Nonato (a 500 de Teresina). A matéria foi publicada na última sexta-feira(30). 

No site, o jornal disponibiliza um link para acessar um guia com opções de hospedagem e restaurantes, dentre outras informações. Além da Serra da Capivara, outros quatros dos oito locais listados, estão no Nordeste: Fernando de Noronha (PE), Chapada Diamantina (BA), Cânion do Xingó (SE) e a praia de Arraial d’Ajuda (BA). 

Sobre a Serra da Capivara, o jornal destaca os mais de 300 sítios arqueológicos com pinturas rupestres datadas de mais de 25 mil anos e a Pedra Furada como uma “consequência surpreendente das mudanças geológicas”. Também diz que o Parque é Patrimônio Mundial da Humanidade desde 1991.  

Confira os oito santuários descritos pelo jornal Le Fígaro de circulação na França:


1 – Arquipélago de Fernando de Noronha - PE

Foto: Pantai/Flickr/CC

A 710 quilômetros ao norte de Fortaleza, está a antiga base militar brasileira que é hoje um exemplo de preservação ambiental. Com sua natureza selvagem, suas praias de areia fina e seu fundo do mar magnífico, ela preencherá os amantes da natureza. A ilha é um santuário para as tartarugas e os golfinhos. Acessível por via aérea da maior parte das grandes cidades, o arquipélago atraiu, no século XIX, numerosos cientistas, entre os quais Charles Darwin. As entradas e saídas são controladas e uma taxa será solicitada aos turistas que desejam ir até lá.

2 – Parque Nacional da Chapada Diamantina - BA

Foto: Cleide Isabel/Flickr/CC

Declarado parque nacional em 1985, seu nome fez referência à formação geológica particular do local e à prospecção de diamantes no século XIX. Chamados morros, estas montanhas de contornos circulares formam superfícies planas no topo, de onde se pode admirar uma vista panorâmica sobre a região por ocasião das caminhadas. No coração do estado da Bahia, a reserva natural se estende por 1.520 quilômetros quadrados e abriga perto de 300 cascatas. Cercas são célebres por seus riachos vermelhos. O parque dispõe ainda de grutas e de cânions visitados pela maior parte dos turistas.

3 – Ilha de Marajó - PA

Foto: Phogel/Flickr/CC

Lá onde o Amazonas encontra o mar, nesse delta gigantesco onde as águas sombrias do rio se misturam às dos riachos, está a maior ilha cercada de água doce do mundo. A riqueza de sua fauna e de sua flora fazem da ilha um lugar privilegiado para admirar as espécies sul americanas. Guarás vermelhos, papagaios, anacondas, flamingos róseos e mesmo uma raça local de cavalos, os marajoaras, encontraram refúgio nesta ilha, coberta em sua metade pela floresta tropical quase inacessível. Para os que apreciam se bronzear, a ilha possui ainda praias de areias finas.

4 – O maior museu do mundo a céu aberto: Inhotim - RJ

Foto: Melado/Flickr/CC

Conhecido por misturar arte contemporânea e jardim botânico, numa aliança única ao mundo, o museu Inhotim necessita de muitos dias para quem deseja o visitar integralmente. Construído sobre um terreno de 120 hectares, perto da cidade de Brumadinho, a 400 quilômetros ao norte do Rio de Janeiro, ele acolhe igualmente um centro de pesquisa, um hotel e vários restaurantes. O local é também uma boa base de partida para percorrer o estado de Minas Gerais, onde os turistas poderão descobrir numerosos e charmosos vilarejos da época colonial.

5 – Cânion do Xingó - SE

Foto: Goenglishkate

 

Navegar entre as falésias e as paisagens impressionantes do Rio São Francisco é uma experiência única. Situada ao norte da cidade de Salvador, no estado de Sergipe, o cânion do Xingó tem uma importante história para a região depois das descobertas de traços, antigos de 8.000 anos, dos antigos habitantes perto do rio. Várias pequenas ilhas são acessíveis subindo o rio onde os pássaros fazem seus ninhos. Os mais curiosos irão igualmente conhecer a cidade próxima de Piranhas, inscrita no patrimônio mundial da Unesco pela sua arquitetura e sua vista.


6 - Alter-do-Chão - PA

Foto: Idobi/Wikipédia

Cercada de super praias de areia branca às margens de uma lagoa de águas turquesa, a pequena cidade de Alter-do-Chão, no estado do Pará, é um lugar de férias dando às vezes a impressão de estar sobre uma ilha. Situada no Rio Tapajós, um afluente do Amazonas, ela foi fundada no século XVII por um colonizador português. Cada ano, a cidade celebra a festa do “sairé”, em referência aos golfinhos róseas de água doce, que acontece na segunda semana de setembro e atrai toda a região. Numerosas manifestações folclóricas são propostas, assim como um duelo coreográfico para os habitantes, divididos entre dois clãs para a ocasião.

7 - Parque Nacional da Serra da Capivara - PI

Foto: Renato Grimm

Inscrito em 1991 ao patrimônio mundial da humanidade da Unesco por suas pinturas rupestres, datadas de 25.000 anos, o parque nacional da Serra da Capivara, situado no Nordeste do Brasil, é uma testemunha excepcional de uma das mais antigas comunidades da América do Sul. O local mais conhecido é a Pedra Furada, célebre por suas pinturas, mas sobretudo por seus arco, uma consequência surpreendente doas mudanças geológicas. O parque abriga mais de 300 sítios arqueológicos, os quais a maior parte são sempre objeto de escavações.

Foto: Vitor 1234/Flickr/CC 

8 - Arraial d’Ajuda - BA

Foto: Lu Arembepe/Flickr/CC

Ao sul da estação balneária de Porto Seguro, no estado da Bahia, se encontra a pequena cidade de Arraial d’Ajuda, célebre para os brasileiros por suas praias de areia fina. A aproximadamente 1h30 de voo do Rio de Janeiro, os visitantes são de repente cercados pela grande floresta atlântica. O lugar acolheu os primeiros jesuítas europeus no Brasil e numerosas crenças cristãs locais fizeram, durante um período, um local de peregrinação. Uma igreja colonial e casas da época testemunham este passado e oferecem uma imagem de autenticidade a este vilarejo de praia.


Caroline Oliveira 
Com informações do site Brasil Euro
carolineoliveira@cidadeverde.com

Aeroporto internacional Serra da Capivara é concluído

  • André Pessoa
  • André Pessoa
  • André Pessoa
  • André Pessoa
  • André Pessoa
  • André Pessoa
  • André Pessoa
  • André Pessoa
  • André Pessoa
  • André Pessoa
  • André Pessoa
  • André Pessoa
  • André Pessoa
  • André Pessoa

O polêmico Aeroporto Internacional Serra da Capivara, construído na zona rural do município de São Raimundo Nonato, região sudeste do Piauí e distante 525 km da capital Teresina, está com suas obras finalizadas. A construção se arrastava por mais de uma década sendo alvo de inúmeras denúncias de irregularidades. Com a conclusão dos trabalhos o terminal de passageiros e a pista de pouso e decolagem com 1.650 metros já estão recebendo voos privados e podem operar, inclusive, no período noturno.

O local já tem toda a parte estrutural, hidráulica e elétrica, incluindo piso, revestimento, cobertura, forro, vidros, iluminação, portas, janelas, bancadas, área de quiosques e lojas, espaço para lanchonete, equipamentos contra incêndios, área para escritórios administrativos, base de apoio para empresas e funcionários, estacionamento, acesso, entre outros itens finalizados.

Até mesmo o elevador interno já foi instalado. No entanto, dentro do prédio faltam pequenos detalhes como o corrimão nas escadas de acesso ao segundo piso e nos corredores desse andar. A obra foi executada pela construtora Sucesso com recursos do Ministério do Turismo, emendas parlamentares do deputado federal José Francisco Paes Landim (PTB) e até mesmo verba particular da pesquisadora Niéde Guidón que destinou pelo menos R$ 100 mil de um prêmio que recebeu para as obras que tiveram apoio do Governo do Piauí.

Informações repassadas pela empresa Esaero, que administra o local e mantém funcionários para auxilio aos passageiros e operação das aeronaves, confirmam que o aeroporto conta com sinalização horizontal na pista e no pátio de aeronaves, além de balizamento noturno que pode ser utilizado para pousos e decolagens durante a noite. A brigada dos Bombeiros que teve a equipe treinada em Natal (RN) e na Base Aérea de Alcântara (MA), já dispõe de uma viatura equipada para combate a incêndios mas ainda não recebeu nenhuma ambulância para atendimentos de emergência.

Na parte estrutural falta a ligação da rede de água através da empresa de Águas e Esgotos do Piauí (AGESPISA), para que os banheiros, chuveiros do sistema automático contra incêndios e torneiras possam funcionar, além da operacionalização da "torre" de controle aéreo, a instalação do terminal de combustível e a construção do reservatório de água para o grupamento contra incêndios.

O impasse agora para seu pleno funcionamento parece se resumir as condicionantes apontadas pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC), que esteve no aeroporto para uma vistoria oficial e encontrou algumas incorreções e falhas. Foram solicitados ajustes técnicos que o Governo do Piauí diz estar tratando diretamente com Brasília. Algumas semanas atrás o governador Wellington Dias (PT), esteve na capital federal em audiência com o ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha (PMDB), tentando agilizar os trâmites necessários para a homologação do aeroporto.

Segundo a vice-governadora, Margarete Coelho (PP), que desembarcou recentemente no aeroporto com uma comitiva internacional que incluía, entre outras autoridades, o embaixador da Alemanha no Brasil, Dick Brengelmann, a meta é viabilizar a operação regular de pequenos voos comerciais para que nos próximos anos ele se consolide como um pólo de transporte regional, desencadeando uma revolução na economia local com o incremento no fluxo de visitantes que chegam principalmente para conhecer os parques nacionais Serra da Capivara e Serra das Confusões, as duas maiores unidades de conservação do Nordeste. (André Pessoa).

Internacional só no papel

Apesar de ter sido batizado e planejado para ser um aeroporto internacional, existem algumas restrições que impedem que o local tenha capacidade para receber voos originários de outros países. Para que isso fosse possível seria necessário uma série de ajustes no projeto que não foi executado completamente.

Em primeiro lugar a pista que atualmente conta com 1.650 metros precisaria ser ampliada conforme o projeto original para 2.400 metros além de vários detalhes técnicos como a criação de unidades da Polícia Federal, Receita Federal, Alfândega, Vigilância Sanitária, Torre de Controle Aéreo com atendimento bilíngue, entre outros aspectos.

Enquanto a cidade não dispõe desses órgãos, a alternativa para que o aeroporto possa eventualmente receber vôos do exterior a médio prazo é ter as configurações da pista adequadas para suportar grandes aeronaves, assim os aviões de voos charters, como por exemplo os oriundos da Europa poderiam ser nacionalizados em qualquer aeroporto internacional do Brasil, fazendo com que os passageiros passem pela migração e alfândega e depois sigam na mesma aeronave para São Raimundo Nonato. (André Pessoa).

Museu na Caatinga

A homologação do Aeroporto Internacional Serra da Capivara através da ANAC é pré-requisito para que o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), libere as primeiras parcelas de um aporte financeiro de 13,7 milhões para Fundação Museu do Homem Americano (FUMDHAM), iniciar a construção do Museu da Natureza, na zona rural do município de Coronel José Dias, nas proximidades do principal circuito turístico do Parque Nacional Serra da Capivara, o Boqueirão da Pedra Furada (BPF).

Segundo a instituição financeira a operação acontece no âmbito do Programa BNDES para o Desenvolvimento da Economia da Cultura (BNDES Procult), com recursos não reembolsáveis do Fundo Cultural do Banco. A participação do BNDES corresponde a 68% do valor total necessário para viabilização do projeto.

Localizado nas proximidades do Centro de Visitantes do Parque e de uma fábrica de cerâmica artesanal, o museu abrigará entre outras atrações uma coleção inédita de fósseis de animais da megafauna que ocupava a região e que entrou em extinção há cerca de 10 mil anos devido às mudanças climáticas ocorridas nessa parte do planeta. Alguns fósseis são de espécies que até o momento só foram encontradas nessa área do Piauí e receberam nomes científicos que fazem referência a região.

Com dois pavimentos e uma área construída total de 4 mil m², o museu terá espaço de exposição, restaurante, auditório, lojas, área reservada ao acervo, instalações administrativas e sanitários.

Além dos objetos expostos, serão usados recursos de animação, fotografias, perspectivas digitais e interatividade, assim como projetores, computadores, sensores, telas de cristal líquido e plasma, instrumentos interativos, sonorização, iluminação e sistemas de automação.

O projeto também contempla sistema de segurança, com iluminação de emergência, vigilância eletrônica, alarmes e extintores de incêndio. A obra deverá ser entregue em dois anos e o valor total do projeto é de R$ 20 milhões. (André Pessoa).

Visão de futuro

O sonho que se materializa na construção do Aeroporto Internacional Serra da Capivara é o resultado da incrível trajetória da pesquisadora paulista Niéde Guidon, que completa 82 anos no próximo mês de março e que chegou na região de São Raimundo Nonato no começo da década de 1970. Nesses ininterruptos 35 anos de investigação científica e de um vasto legado de obras estruturantes, ela conseguiu projetar de forma positiva, mundo afora, um pedaço do sertão do Piauí desconhecido até então pelos próprios piauienses.

Niéde foi a protagonista da criação do Parque Nacional Serra da Capivara – declarado Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco -, e da Fundação Museu do Homem Americano (FUMDHAM) – que mantém laboratórios de alto nível e um museu que é referência mundial sobre a pré-história do continente. Também foi ela que sugeriu e lutou pela instalação da Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF) – que oferece cursos de graduação em Arqueologia e Ciências da Natureza no campus Serra da Capivara -, e agora deseja finalizar essa odisséia com dois novos projetos futuristas.

Um deles, o Museu da Natureza, deve ser viabilizado nos próximos meses com apoio do BNDES. O outro, visto como a cereja do bolo de toda essa revolução cultural, econômica e social, seria a construção do resort Serra da Capivara numa área muito próxima ao parque nacional. O projeto – que já teve incentivo fiscal aprovado anos atrás pela Superintendência de Desenvolvimento do Nordeste (SUDENE), e terras cedidas em regime de comodato pelo Governo do Piauí através de aprovação pela Assembléia Legislativa do Estado -, prevê a construção de um mega complexo hoteleiro de alto nível dotado de cinema, teatro, restaurantes e toda estrutura necessária para atender turistas do Brasil e do exterior, numa área conhecida como Serra Vermelha.

Ao hotel se conecta uma espécie de disneylândia da pré-história, um parque temático onde os visitantes poderão participar de escavações arqueológicas, conhecer sítios históricos, interagir com espécies da fauna e flora da Caatinga, contemplar maquetes em tamanho natural dos animais da megafauna, entre outras atrações.

O projeto ganhou o nome de Arkeópolis e está todo planejado pela arqueóloga e sua equipe que já adquiriu, inclusive, algumas áreas de interesse natural para a sua futura implementação. Agora é esperar os grupos econômicos que possam investir nos projetos acreditando no potencial de uma das mais importantes regiões naturais e culturais do planeta, berço de nossos antepassados e de um bioma exclusivamente brasileiro, a mítica Caatinga. (André Pessoa).

*agência Raízes do Piauí

Da Editoria de Cidades
cidades@cidadeverde.com

Viatura da polícia é usada para atender denúncias do Conselho Tutelar

Membros do Conselho Tutelar de São Raimundo Nonato estão utilizando uma viatura da Polícia Civil, a serviço da Delegacia da Mulher, para atender denúncias. A situação vem ocorrendo devido ao atraso de dois meses nos salários dos conselheiros.

"Desde agosto estamos com o repasse atrasado. N aúltima quarta-feira (14) foi efetuado o pagamento de um mês, mas ainda existem dois em atraso. O motorista que fica a serviço do Conselho Tutelar está há cinco meses sem salário e a pessoa responsável pela locação do veículo está na mesma situação e por isso tivemos que encontrar uma medida paliativa para atender as denúncias", explica Fernanda Silveira, membro do Conselho Tutelar. 

A conselheira acrescenta ainda que devido à demanda da própria delegacia, nem todos as denúncias podem ser checadas. 

"Além disso, tem o constrangimento de chegar na casa onde será averiguada a denúncia em uma viatura. A situação complica mais ainda por que estamos sem aparelho celular funcional há 20 dias para receber as denúncias. Os denunciantes geralmente não querem se identificar e não vão ao Conselho", reitera Silveira. 

O Cidadeverde.com tentou entrar em contato com o prefeito Avelar Ferreira, mas não obteve retorno. 


Graciane Sousa
gracianesousa@cidadeverde.com

Projeto de resort na Serra da Capivara busca investidores

Cerca de 25 mil turistas visitam o Parque Nacional da Serra da Capivara, no Piauí, todos os anos. A arqueóloga Niède Guidon, presidente da Fundação Museu do Homem Americano (Fumdham) que administra o parque, calcula que esse número poderia chegar a pelo menos um milhão se o local oferecesse a infraestrutura hoteleira e de transportes necessárias. Um projeto ambicioso pretende mudar o cenário atual: a construção do Museu da Natureza e de um resort no meio do parque. 

O projeto é desenvolvido por meio de parceria entre a Fumdham e o arquiteto Alcindo Dell’Agnese e já conseguiu garantir R$ 13 milhões no BNDES para a construção do museu. Dell’Agnese agora busca investidores interessados para capitalizar a construção do o resort. A Serra da Capivara é patrimônio tombado pela Unesco e abriga a maior concentração de sítios pré-históricos das Américas.

Fonte: Revista Época

"Le Monde" produzirá matéria especial com Serra da Capivara

Uma repórter do jornal francês Le Monde viajou nesta semana para a cidade de São Raimundo Nonato para produzir uma matéria especial sobre a Serra da Capivara. Na oportunidade, a jornalista visitou o parque, o Museu do Homem Americano e entrevistou a arqueóloga Niède Guidon. 

"O material deve sair em um dos anexos especiais do Le Monde sobre ciência", explicou Guidon. Ainda não há previsão de quando a reportagem será publicada. 

Nesta terça-feira (13), a arqueóloga esteve em audiência com o governador Wellington Dias onde tratou sobre a situação do Parque Nacional da Serra da Capivara e alertou sobre o fato de que a região pode perder R$ 3 milhões que seriam destinados a um Museu da Natureza, projeto financiado pelo BNDES. O motivo seria a falta do aeroporto de São Raimundo Nonato, ainda não liberado para voos comerciais. 

Dias se comprometeu a solicitar junto à Secretaria da Aviação Civil rapidez nesse processo de homologação do terminal aeroportuário. Ele se reúne com o gestor da pasta, Eliseu Padilha, na tarde desta quarta-feira (14).

 

Carlos Lustosa Filho
carloslustosa@cidadeverde.com

Posts anteriores