29/11/11, 12:38

Servidores da Adapi entram em greve por tempo indeterminnado

Eles querem aprovação do Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos.

Após paralisações no início do mês, os servidores da Agência de Defesa Agropecuária do Piauí (Adapi) começaram ontem(28) uma greve em todo o Estado para pressionar o governo e deputados pela aprovação do Plano de Cargos, Carreiras e Vencimentos (PCCV). Em todo o Estado são 553 funcionários.


A greve deve acontecer até a próxima segunda-feira(05), quando será realizada uma assembleia entre os servidores, que vão analisar o movimento, para saber se continuam ou não.  A greve foi a alternativa encontrada para os funcionários chamarem atenção do governo, que mesmo com a paralisação, não negociaram. 

Segundo os manifestantes, dos 553 servidores, 351 exercem as funções de Fiscalização Agropecuária, porém há o cargo de Fiscal. 

“A implantação do PCCV da Adapi é necessária e urgente. É necessária por tratar-se de uma exigência do Ministério da Agricultura. Além de garantir a evolução funcional do servidor e valorizar o trabalho com remuneração condizente com a natureza e complexidade das atribuições”, justificam. 

Eles querem a criação dos cargos de Fiscal Estadual Agropecuário e de Técnico Estadual de Fiscalização Agropecuária.

Entre as atividades prejudicadas, está a vacinação de gado referente à febre aftosa, que o Piauí luta para sair do risco médio.



Caroline Oliveira
carolineoliveira@cidadeverde.com

| © CidadeVerde.com 2014 | Todos do Direitos Reservados - Site by Masvio |