“Abraço rosa” em São João do Piauí conscientiza sobre câncer de mama

VIVA PIAUÍ: A gente abraça você. Envie o seu abraço!

O Piauí precisa abraçar o povo solidário e receptivo dos municípios, abraçar as pessoas que estão sempre dispostas a ajudarem o próximo, abraçar iniciativas de trabalho voluntário em prol da saúde alheia. O programa Viva Piauí, iniciativa da TV Cidade Verde para comemorar o Dia do Piauí, acompanhou o “abraço rosa” na cidade de São João do Piauí, a 486 km de Teresina, como uma forma de conscientizar sobre o câncer de mama.

O programa mostrou e abraçou a história da Associação em Educação e Saúde da Mama Jesuína Estrela – Amajes, de São João do Piauí, na qual mulheres e homens realizam um trabalho voluntário de atendimento a mulheres com câncer de mama da localidade.

“Há dez anos eu recebi um diagnóstico de um câncer de mama, na mama direita, que foi um baque para mim, era como se eu tivesse nas mãos um atestado de óbito. Então eu procurei ver que outras mulheres estavam em situação pior do que a minha, então com o Dr. Luís Airton, procurei criar uma entidade de trabalho voluntário em São João do Piauí, para levar informações e dar acesso às mulheres, a ter um exame”, explica a fundadora da Associação, Jesuína Holanda, sobre ao criação da Amajes.

Depois de 10 anos de curada, fazendo exames de rotina, Jesuína descobriu outro nódulo na mama direita. Ela conta que foi mais difícil ainda do que da primeira vez. “Depois que você já teve um atestado de cura e após dez anos você tem outro diagnóstico novamente, pense que a situação foi difícil, foi muito difícil, foi muito pior”, contou.

Ainda assim, ela não se abateu e continou com o trabalho a frente da Amajes. Além de dar apoio a mulheres com câncer, a Associação realiza palestras informativas sobre formas de prevenção e de diagnóstico para o câncer e promove eventos e caminhadas como forma de conscientizar a população sobre a necessidade de cuidados com a saúde da mulher.  A idealizadora do projeto também faz palestras contando sobre a sua experiência com o câncer.

Antes do segundo diagnóstico de câncer, com o aval de toda a família, Jesuína adaptou a casa dos pais, que se tornou a sede da Amajes, para receber as mulheres da cidade que precisam que qualquer tipo de apoio.

“É um projeto de uma pessoa maravilhosa, uma pessoa gigante, que só tem de pequeno o tamanho, porque por dentro ela é muito grande”, reconhece a professora Valdira Oliveira, ao falar sobre a iniciativa de Jesuína.

Alzenir Pinho foi diagnosticada com câncer de mama e é uma das atendidas pela Associação. Ela conta que foi fazer os exames em Teresina. “Fui, fez todas as quimioterapias, e estou aqui, graças a Deus. Está aprovado, e aquelas mulheres que bem souberem, que elas se cuidem, se cuidem, enquanto é tempo”, aconselha.

A Associação está realizando agora em outubro, quando é realizado todos os anos o Outubro Rosa, a 5ª edição do movimento na cidade, com realização de caminhada para estimular a participação da população, entidades e poder público a se unirem na luta contra o câncer de mama.

“Só tenho a agradecer todos os dias por me dar essa oportunidade novamente, de estar podendo realizar meu trabalho”, conclui Jesuína feliz por poder realizar todos os anos e constantemente a cidade de São João na luta contra o câncer de mama.

Lyza Freitas
redacao@cidadeverde.com

VIVA PIAUÍ: A gente abraça você. Envie o seu abraço!

Comente

Your email address will not be published.